Home»Cultura»Peça missioneira de cerca de 400 anos passará por estudo

Peça missioneira de cerca de 400 anos passará por estudo

Escultura está em exposição no Museu Alcir Philippsen, na cidade de Santo Cristo

0
Shares
Pinterest Google+

Uma escultura que está em exposição no Museu Alcir Philippsen, na cidade de Santo Cristo, será analisada por pesquisador da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). A obra era propriedade da família Philippsen, que detinha posse de outras esculturas e obras que também estão em exposição no museu. O objetivo é descobrir detalhes sobre sua origem. Segundo o artista plástico e coordenador de Arte e Cultura do município, Bruno Machado, estima-se que a peça tenha cerca de 400 anos e seja de origem missioneira.

“Ela foi encontrada junto de outros objetos como urnas funerárias e ferramentas em uma região que teria abrigado um cemitério indígena”. A hipótese é de que a peça tenha sido encontrada na cidade de Alecrim, que fazia parte de Santo Cristo. Machado acredita que o estudo sobre a escultura em madeira é uma ação em benefício da preservação e valorização da arte sacra jesuítico-guarani.

A análise será feita pelo professor Edison Hüttner, coordenador e pesquisador do projeto de Arte Sacra Jesuítico-Guarani e Luso-Brasileira do laboratório de Arqueologia do Museu da PUCRS. O estudo, que já teve início, deve apresentar os primeiros resultados em 30 dias. O Museu Alcir Philippsen fica no Centro Cultural e passará por reformas, devendo ficar fechado nos próximos meses.

Previous post

Um oficial nazista entre nós?

Next post

As conexões do Brasil para a África são um tanto complicadas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *