Home»Destaque»Benefícios da patinação artística para a saúde

Benefícios da patinação artística para a saúde

3
Shares
PinterestGoogle+

Fazer qualquer atividade que desenvolva parte do seu corpo ou mente é sempre válida. E com tantas opções hoje em dia, é fácil escolher uma que você se identifique e goste. Não importa qual seja, desde que você não fique parado. Dentre tantas alternativas, a patinação artística se sobressai e ocasiona muitos benefícios para quem a pratica.

Sem dúvidas, qualquer atividade física traz um resultado mensurável para a vida de quem esta se exercitando, sendo pelo físico, pelo psicológico, social ou até mesmo melhorando habilidades ou ações do cotidiano. E com a patinação não é diferente. Josiane Welke, Professora, Técnica e Proprietária da Escola de Patinação Artística Jo Sintonia, leciona aulas de patinação artística desde o último ano de faculdade, ou seja, fazem 11 anos. Iniciou com o projeto de ensino de patinação artística, como oficina extracurricular, no Colégio Concórdia de Santa Rosa há 6 anos. No primeiro ano, ela tinha apenas 6 alunas. Hoje, tem sua escola com sede própria, Jo Sintonia, a única Escola da região com pista e estrutura próprias para as aulas de patinação. São mais de 150 alunos, e o trabalho se configura em ensino do esporte com treinamento de atletas para competições, produção anual de espetáculos inéditos, além de coreografias e atividades didáticas de desenvolvimento do equilíbrio e leveza de cada patinador.

O gosto por patinar vem desde quando Josiane era criança. “Eu comecei a gostar de patinar desde meus 6 anos de idade, quando acompanhava minha prima que era solista e patinadora destaque de uma antiga escola de patinação de Santa Rosa, Roller Braun. Cada vez que eu assistia a essa minha prima em suas performances sobre rodas, eu ficava sonhando com tudo aquilo sendo executado por mim. Minha alma flutuava, meu coração disparava e meus olhos brilhavam. Foi então que meus pais me matricularam nessa mesma escola, e lá eu fui realmente ensinada, estimulada, preparada e a paixão sobre rodas aumentava a cada aula, espetáculo e campeonato. A patinação me ensinou muito sobre disciplina, resiliência, empatia e leveza. Ensinou-me a cair e levantar, percebendo que muitas de nossas conquistas e superações são feitas de tombos e repetições. Que cada pequeno avanço é motivo de gratidão. A patinação me ensinou a importância de se fazer bem feito desde a preparação, a execução e então, a finalização, de um salto, por exemplo. E assim, fui aprendendo lições que transpus para minha vida pessoal e profissional. Que linda metáfora da vida é a patinação! Foi inspirada em tudo isso, que aprendi ao longo de minha trajetória enquanto patinadora, que não pude deixar de seguir essa linda e desafiadora profissão. Foi com essa missão e é com esse compromisso que hoje conduzo mais de uma centena de crianças, adolescentes e adultos nesta linda arte que é patinar”, relata e acrescenta que desde os 3 aninhos, as crianças já podem começar a fazer aulas. E inclusive, na Jo Sintonia tem duas turmas especiais, chamadas de turma Baby, composta por crianças de 3 a 5 anos. E a outra, que atualmente, tem bastante procura também por parte dos adultos, entre 20 a 50 anos, além do projeto de inclusão em que mesmo uma cadeira de rodas não é impedimento para esta arte incrível que é patinar.

As demais turmas são formadas por crianças e adolescentes entre 6 a 19 anos, que são divididas por níveis e habilidades, tendo assim, uma sequência delas a serem treinadas e adquiridas ao longo dos anos. Cada patinador faz um mínimo de 2 horas e um máximo de 15 horas de treino por semana, dependendo do nível e dos objetivos com as aulas. Contudo, a faixa etária que mais tem iniciado a prática do esporte é a de 10 anos. “Sempre é importante lembrar, que assim como a aquisição de uma segunda língua, quanto antes, melhor!”, diz Josi.

A escolha por Josiane em dar aulas de patinação é justamente algo bastante abordado na hora de procurar um emprego, que na qual é fazer aquilo que você gosta, pois é assim que se sentirá realizado. “Atualmente, com a grande demanda da escola de patinação, optei em dedicar-me profissionalmente de maneira exclusiva a ela. Por paixão, amor, envolvimento e a realização que este esporte-arte me traz. É encantador! A superação, a disciplina e a beleza desta missão são maravilhosas!”, salienta.

A patinação traz muitos benefícios. Além dos que tange à disciplina, autoestima, postura, superação e equilíbrio, a patinação cuida do corpo, enquanto esporte, e da alma, enquanto arte. Do equilíbrio, enquanto ambos. A patinação é um esporte e como tal promove benefícios básicos da prática de qualquer atividade física. O simples fato de se colocar os patins nos pés e tentar equilibrar-se sobre eles desenvolve no praticante o senso de lateralidade e equilíbrio. Vários especialistas atestam que a patinação, quando praticada de forma dinâmica, passa a ser uma aeróbica de baixo impacto com grandes benefícios físicos e mentais. Sua prática faz com que estejam realizando um trabalho aeróbico e assim sendo, auxilia no controle de peso. Trabalha a flexibilidade, equilíbrio, agilidade, força e resistência. Ajuda no desenvolvimento da coordenação motora global e da lateralidade. Modela a musculatura, e além de todos esses benefícios, a patinação ajuda a eliminar o stress e reduz a ansiedade, promovendo o bem estar psicológico.

A prática constante e regular promove a redução de riscos de mortes prematuras, das doenças cardíacas, de adquirir diabetes e pressão alta, de adquirir câncer de cólon, da ansiedade e sentimentos de depressão; auxilia na redução da pressão alta, no controle do peso; promove o bem psicológico; auxilia no desenvolvimento da coordenação motora, entre outros tantos benefícios.

Segundo Josiane o primeiro passo para começar a patinar é preciso querer. “Para as crianças, quanto antes, melhor. Para os adultos, importante observar a questão do sobrepeso, e consultar um médico especialista, caso tenha problemas de coluna e/ou joelhos. Utilizar munhequeiras e joelheiras. Como regra em minha escola e com meus atletas, estes só podem patinar na pista se estiverem de cabelos presos, joelhos protegidos, roupas flexíveis e patins adequados”, fala.

“A patinação artística possui um planejamento e regulamento de figuras, piruetas, saltos e spins (giros), além de trabalhos de pernas e de eixos. Existem modalidades e categorias distintas. É um mundo lindo de arte, técnica e superação. A patinação é tão completa que proporciona bem-estar físico e emocional. Temos casos de alunos que foram indicados por terapeutas para integrar as nossas aulas semanais”, finaliza Josiane.

Previous post

Saiba quais serviços podem ter suspensão temporária durante férias ou viagens

Next post

CONCORRÊNCIA: Guerra de preços mexe no mercado de combustíveis

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *