Santa-rosense entre os Líderes Executivos Globais da ONU

A notícia pegou de surpresa e emocionou Márcia Werle, empreendedora CEO da Biotechnos Bioenergia de Santa Rosa e Co Fundadora do Instituto Bioplanet. Ela foi, recentemente, convidada pela Organização das Nações Unidas (ONU), para estar entre as 26 pessoas que serão os Líderes Executivos Globais, através do Programa Liderança Executiva da ONU para o Desenvolvimento Sustentável.

O convite dizia: “Você foi identificado para este programa devido ao seu perfil, envolvimento anterior e liderança demonstrada em tópicos relacionados ao desenvolvimento sustentável global. Foram selecionados somente 26 convidados a nível mundial” e assinado pelo Colégio de Funcionários do Sistema das Nações Unidas. Em entrevista à reportagem do Gazeta Regional, Márcia relatou sua emoção. “Num primeiro momento foi tipo “eu”!? Quase sem acreditar, li e reli umas três vezes o e mail do convite e enviei à algumas pessoas próximas para que elas me ajudassem a confirmar a veracidade do mesmo.

Depois de confirmando, me emocionei, pois validou o trabalho e esforço de 14 anos em prol da vida e da sustentabilidade. Num segundo momento, controlado o choque inicial e entendendo a dimensão, as possibilidades, oportunidades e o compromisso de levar e demonstrar o fazer da sustentabilidade brasileira através de ações locais, veio a gratidão e a felicidade”, contou.

Conforme Marcia, nem em seus melhores sonhos esperava um acontecimento destes. “Sempre me empenhei para dar o melhor de mim nos projetos que me dediquei e dedico e inspirar outras pessoas através do exemplo, o meu empenho sempre foi de fazer mais e melhor, pois acredito e sei que é possível um mundo melhor, mais saudável e sustentável. Mas não esperava de fato, este reconhecimento”, frisou.

Para a empreendedor, que desenvolve novas tecnologias para a produção de biocombustíveis, é uma honra e satisfação pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido até aqui, e um compromisso mais amplo e encorajador de protagonismo para assumir novos desafios, fortalecendo o propósito para um desenvolvimento sustentável e uma oportunidade ímpar de ampliar conhecimento e conexões para realizar mais e melhor.

A Certificação de Líder Executivo é concedida aos que concluírem com êxito todas as etapas do programa até maio de 2022. “São sessões virtuais de 3 a 4 horas por semana que consistem em palestras, workshops e coaching em grupo. O programa apresenta maneiras concretas de aplicar habilidades e capacidades em processos complexos e contextos altamente exigentes, fornecendo exemplos de como os líderes podem maximizar oportunidades e minimizar interrupções para garantir que ninguém seja deixado para trás na implementação Agenda de 2030 de Desenvolvimento sustentável e em Maio de 2022 está previsto uma semana presencial na cidade de Berlim, na Alemanha”, conta Marcia Werle, salientando ainda que este programa está sendo custeado pelo Governo Alemão.

Por fim, ela diz que isso a ajudará, no âmbito pessoal, desenvolver, aprimorar, inspirar e liderar reflexões e ações efetivas na área da sustentabilidade para referência mundial, fortalecendo o personal branding como uma líder brasileira de negócios de impacto e em quanto CEO do IBioplanet e Biotchnos Bioenergia e demais negócios de impacto que participa, vai construir e estabelecer parcerias a nível mundial, compartilhando e conectando experiências e resultados de impacto como o programa #issonãoélixofronteiranoroeste e a parceria com a Feira Nacional da Soja – Fenasoja 2022 “lixo zero by Bioplanet”.

 

Notícias Relacionadas