0
Shares
PinterestGoogle+

Os problemas ocasionados pela explosão de celulares é um assunto que está sendo bastante discutido ultimamente, devido aos casos que repercutiram na Internet. Segundo Tiago Felipe Lautharte, gerente da SOS Celulares, eles nunca tiveram relatos de clientes que tiveram este tipo de problema, no entanto, já ficou sabendo de alguns casos específicos que aconteceu por causa de peças de qualidade ruim e baterias bem inferiores que resultou neste tipo de problema. “Mas o que pode causar explosão de um celular é algum componente elétrico em curto, baterias viciadas, superaquecimento devido a componentes em curto, carregadores de má qualidade, alguma infiltração de líquido ou até mesmo aparelhos piratas sem procedência”, destacou.

Ele acrescenta que não tem como ter certeza de alguma situação corriqueira que se realizada, o aparelho possa vir a explodir. Mas fica mais fácil acontecer depois de molhado, depois que realizou alguma manutenção ou até mesmo em alguma queda (desde que danifique componentes elétricos). “Não existe nenhum caso de um aparelho explodir ‘do nada’. Ele esquenta muito ou estufa a bateria”, diz.

Então os cuidados que se deve ter é utilizar normalmente o aparelho, não fazer algum tipo de pressão em cima da bateria, evitar calor excessivo, evitar molhar o celular e logo carregar e o mais recomendado é retirar a bateria e levar em uma assistência para realizar uma desoxidação na placa e procurar realizar serviços sempre em lugares de confiança e que lhe ofereçam garantia. “O único modelo específico de que se tenha algum relato de explodir é o Samsung Note 7. Mas isso aconteceu em outros países. Até este aparelho ser lançado no Brasil a marca já havia consertado este problema. E é claro que qualquer aparelho com má manutenção ou colocação de peças ruins podem causar este problema. O ato de usar o aparelho enquanto carrega não causa a explosão do celular, como havia falado antes, o celular não explode igual uma ‘bomba’, ele apresenta algumas mudanças nas suas características antes como: Superaquecimento; Bateria estufada; Carregador com super aquecimento; Celular se aquecendo e se desligando devido a temperatura elevada. Mas repito: não é uma coisa muito normal isso acontecer. Somos a assistência mais antiga da cidade. Nunca tivemos algum caso de o celular “explodir” tanto na loja quanto depois de alguma manutenção realizada na loja. Casos de internet e YouTube não pode levar muito em consideração pelo fato de que pode ser causado de propósito para um certo vídeo ter repercussão ou algo do tipo e claro a falta de capacitação de um técnico pode causar este tipo de problema ou próprio carregador inferior”, diz.

Tiago ainda dá umas dicas para prevenir e tomar alguns cuidados para que não ocorra o infortúnio de isso acontecer. Como, se molhar, leve o aparelho em uma assistência técnica de confiança para realizar uma desoxidação na placa, comprar bateria/carregadores apenas com garantia e de qualidade nunca o “mais barato sem garantia” e procurar usar o aparelho normalmente, evitando pressões e temperatura elevadas.

Previous post

Amendoim: uma semente multifacetas

Next post

Santa Rosa entre as 100 cidades mais desenvolvidas do país

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *