1
Shares
Pinterest Google+

A diversidade religiosa, encontrada em um país com uma vasta influência de culturas distintas como o Brasil, é algo que conforta a todos. Afinal, cada indivíduo pode seguir aquilo que mais se identifica, e pode praticar sua crença sem alguma hostilidade.

O espiritismo é uma religião que cresce mais a cada dia. Em Santa Rosa, a Sociedade Espírita Caminho de Damasco faz 70 anos que está de portas abertas para todos que possuem uma afinidade com a crença.

Formação da primeira diretoria da casa
Formação da primeira diretoria da casa

A Sociedade foi fundada baseada nos princípios do Espiritismo, no caso a doutrina espírita é um conjunto de princípios leais, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec, que constituem a Codificação Espírita: “O Livro dos Espíritos”, “O livro dos Médiuns”, “O Evangelho segundo o Espiritismo”, “O Céu e o Inferno” e “A Gênese”. É o Consolador prometido, que veio, no devido tempo, recordar e complementar o que Jesus ensinou, “restabelecendo todas as coisas no seu verdadeiro sentido”, trazendo, assim, à humanidade bases reais para sua espiritualização.

Ela revela conceitos novos e mais aprofundados a respeito de Deus, do Universo, dos Homens, dos Espíritos e das Leis que regem a vida. Aborda, ainda, os questionamentos bastante presentes na vida do indivíduo: “O que somos, de onde viemos, para onde vamos, qual o objetivo da nossa existência e qual razão da dor e do sofrimento”.

Primeira ata
Primeira ata

O espiritismo traz, também, conceitos novos sobre o homem e tudo o que o cerca, tocando em todas as áreas do conhecimento, das atividades e do comportamento humano. Pode ser estudado, analisado e praticado em todos os aspectos fundamentais da vida, tais como a parte científica, filosófica, religiosa, ética, moral, educacional e social.

O que ensina? (pontos fundamentais)

– Deus é a inteligência suprema e causa primária de todas as coisas. É eterno, imutável, único, onipotente, soberanamente justo e bom.

– Além do mundo corporal, habitação dos Espíritos encarnados (homens), existe o mundo espiritual, habitação dos Espíritos desencarnados.

– No universo há outros mundos habitados, com seres de diferentes graus de evolução: iguais, mais evoluídos e menos evoluídos que os homens.

– O homem é um espírito encarnado em um corpo material. O períspirito é o corpo semimaterial que une o espírito ao corpo material.

– Os espíritos são seres inteligentes da criação. Constituem o mundo dos espíritos, que pré-existe e sobrevive a tudo.

– Os espíritos são criados simples e ignorantes. Evoluem, intelectualmente e moralmente, passando de uma ordem inferior para outra mais elevada até a perfeição, onde gozam de inalterável felicidade.

– Os espíritos reencarnam tantas vezes quantas forem necessárias ao seu próprio aprimoramento.

– Os espíritos evoluem sempre. Em suas múltiplas existências corpóreas podem estacionar, mas nunca regridem. A rapidez do seu progresso, intelectual e moral depende dos esforços que façam para chegar a perfeição.

– As relações dos espíritos com os homens são constantes, e sempre existiram. Os bons espíritos atraem para o bem, sustentam nas provas da vida e ajudam a suportá-las com coragem e resignação. Os imperfeitos impelem para o mal.

– A moral do Cristo, contida no Evangelho, é o roteiro para a evolução segura de todos os homens, e a sua prática é a solução para todos os problemas humanos e o objetivo a ser atingido pela humanidade.

– O homem tem o livre-arbítrio para agir, mas responde pelas consequências de suas ações.

– A prece é um ato de adoração a Deus. Está na lei natural, e é o resultado de um sentimento inato do homem, assim como é inata a ideia da existência do Criador.

– A prece torna melhor o homem. Aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons espíritos para assisti-lo. É este um socorro que jamais se lhe recusa, quando pedido com sinceridadel.

Histórico da SECAD

A sociedade foi fundada no dia 20 de janeira de 1949, primeiramente sob a denominação de Centro Espírita Thomires Câmara. A Direção, composta por dez pessoas, contava com 21 sócios fundadores.

Em 1951, por sugestão da Federação Espírita do Rio Grande do Sul – FERGS Sociedade Espírita passou a chamar-se Centro Espírita Caminho de Damasco. Em 1956, novamente por sugestão da FERGS, foi alterada a denominação da instituição, passando a chamar-se Sociedade Espírita Caminho de Damasco.

A doação do terreno, pela Prefeitura, e o início da construção do prédio, aconteceram no ano de 1952. A conclusão da obra foi registrada em 1954.

A partir de 1986 a Sociedade Espírita Caminho de Damasco foi filiada à Federação Espírita do Rio Grande do Sul, entidade Master das Casas Espíritas do Estado.

A seguir, estão as evidências correlacionando o ano e suas conquistas até a data vigente.

1951 – A FERGS, após ser consultada, sugere a mudança do nome do Centro Espírita. Os sócios reuniram-se e escolheram o nome de Centro Espírita Caminho de Damasco.

1952 – Iniciam-se as providências para a construção de uma sede própria. A Prefeitura Municipal, a pedido do Sr. Ney Pereira da Cruz, presidente da instituição, doa um terreno a Casa Espírita. Posteriormente, a pedido do Tenente Coronel Paulo de Tarso Resende, Comandante do 1º RCM, a Prefeitura permuta esse terreno por outro localizado a Rua São Francisco, onde atualmente está localizada a Sociedade Espírita Caminho de Damasco.

1954 – Concluída a obra, todas as atividades da Casa Espírita passam a acontecer no novo prédio.

1956 – Por sugestão da FERGS, é alterada a denominação de Centro Espírita para Sociedade Espírita Caminho de Damasco.

1986 – A SECAD foi filiada a Federação Espírita do Rio Grande do Sul, entidade mater do Espiritismo em nosso Estado.

2000 – Ampliação do prédio. Foram construídas 6 salas e 3 sanitários.

2014 – Início da construção de um auditório e três sanitários.

2018 – Conclusão da construção do auditório e da colocação de todos equipamentos.

2019 – 20 de janeiro: inauguração do auditório.

“Aos fundadores, que prepararam a terra e semearam a boa semente da Doutrina Espírita, nossa homenagem e gratidão. Continuaremos trabalhando no bem e na verdade, com otimismo e confiança, certos de que jamais nos faltará a assistência do Divino Mestre e dos Mentores Espirituais”, diz José Otávio Borcheidt, atual Presidente da SECAD.

Proposta de Gestão

No ano dos 70 anos da Sociedade Espírita Caminho de Damasco, a diretoria se inova. Com o novo triênio, que é de 2019 até 2021, o Presidente atual intitulado é José Otávio Borcheidt, que antes era o Vice-presidente, e a Vice- presidente Administrativo atual é Mirian Regina Siliprandi, que no triênio anterior era a presidente, e a Vice-presidente Doutrinário, que é Sirlei Figueira Fernandes.

“Atendendo as disposições estatutárias e regimentais da SECAD, bem como os princípios do evangelho de Jesus e da doutrina espírita codificada por Alan Kardec, apresentamos com amor, esperança, coragem, humildade e gratidão a Deus, nominata e plano de trabalho para a gestão da SECAD. Dentre as muitas linha, páginas e luzes do consolador prometido por Jesus, elencamos como fundamentos essenciais da gestão que se encontra em curso”, diz José.

Objetivos Estratégico de Todas as Áreas
1- Preservação da unidade e da universalidade dos princípios da Doutrina Espírita.
2- Adequação da casa Espírita para o atendimento ás suas finalidades.
3- União dos Espíritas.
4- Formação continuada de trabalhadores e de lideranças Espíritas.
5- Promoção do livro Espírita como elemento essencial ao cumprimento da missão do Espiritismo.
6- Participação do Espírita na sociedade.

Ações – Área Administrativa
1- Produzir relatórios contábeis semestralmente, que possam auxiliar a gestão na tomada de decisões.
2- Revisar as despesas da casa para reduzir custos de forma contínua.
3- Aumentar receitas através da prospecção de novos sócios, venda de livros e do clube do livro.
4- Aumentar a equipe de voluntários.
5- Melhorar e tornar mais atrativo as mídias da casa.
6- Gerir o patrimônio da SECAD de forma integral, para saber a qualquer tempo os itens que a compõem.
7- Concluir o projeto de novas salas de estudo.
8- Dar continuidade aos programas e projetos em andamento da atual gestão.

Ações – Área Doutrinária
1- Incentivar de forma contínua eventos doutrinários.
2- Manter estudo do evangelho redivivo.
3- Manter e ampliar o estudo das obras básicas.
4- Priorizar o estudo continuado e regular do ESDE.
5- Fomentar a integração entre as demais áreas da casa.
6- Difundir as atividades Espíritas.
7- Fortalecer as relações entre todos os voluntários da área doutrinária.
8- Priorizar os encontros de capacitação regional, o Estudo da doutrina Espírita e as diretrizes da FERGS e FEB.
9- Viabilizar ações que proporcionem a inserção do jovem na tarefa Espírita.
10- Realizar cursos de formação de trabalhadores Espíritas na área doutrinária, atendendo demandas específicas.
11- Oferecer capacitação continuada de expositores da doutrina Espírita.
12- Dar continuidade aos projetos em andamento na área doutrinária.

Diretoria da Sociedade Espírita Caminho de Damasco – Triênio 2019/2021
Presidente: José Otávio Borcheidt
Vice-presidente Administrativa: Mirian Regina Siliprandi
Vice-presidente Doutrinária: Sirlei Figueira Fernandes
1ª Secretária: Alcione Pinto
2ª Secretária: Dorli Shmidt
1ª Tesoureira: Marina Rigo
2º Tesoureiro: Jorge Pinto

Conselho Fiscal
Titulares: André Bender – Nelson Torres – Nice Junges
Suplentes: Haedi Neis – Nestor Weber – Terezinha Thomas

Ainda compõem a Diretoria Executiva os seguintes Diretores de Área:
AAECE – Área do Atendimento no Centro Espírita: Sirlei Figueira Fernandes
AEE – Estudo do Espiritismo: Sirlei Figueira Fernandes
APSE – Assistência e Promoção Social: Beatris Rosa
AIJ – Infância e Juventude: Sinara Bridi Maieron
AM – Mediunidade: Mirian Regina Siliprandi
AFA – Família: Bianca Prediger Sawicki
ACOM – Comunicação: Pricila Rauber
Departamento de Patrimônio: Jacinto Carlos Perini

Inauguração do novo auditório e comemoração dos 70 anos de atividade

A Sociedade Espírita Caminho de Damasco – Santa Rosa celebrou no domingo (20), a inauguração do novo auditório e comemora os 70 anos de atividade no estudo e divulgação da Doutrina Espírita, Evangelização infantil e juvenil, atendimento social e diversos projetos voltados ao auxílio da comunidade. A comemoração dos 70 anos da SECAD, contou com a carinhosa presença do Presidente da Federação Espírita do Rio Grande do Sul – Fergs, Gabriel Salum, e do Presidente da UME Santo Ângelo, Emerson Luciano Albuquerque.

Após foi realizado um almoço de confraternização no Rocket´s Restaurante.

Confira alguns registros fotográficos com a colaboração de Gerson Rodrigues.

Previous post

RS adota novo modelo nacional para carteiras de identidade

Next post

Fenasoja plantou 700 mudas de Moringa Oleífera

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *